quarta-feira, agosto 02, 2006

Como nas monções


Como nas monções, gosto que a chuva dos meus cabelos inunde o teu corpo.

4 comentários:

António Delicado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
António Delicado disse...

São estas monções de emoção que me/nos tocam em cada momento e tornam os dias vazios de despojos.
Beijinho cheiros de carinho

Maria Clarinda disse...

Olá Margarida, hije passei momentos mágicos e deliciosos no teu blog.
Um jinho bem grande

Maria Avelino disse...

Gosta desta iluminação suave na pele e nos cabelos ...
Mt bonita!