sábado, setembro 02, 2006

Espero


ESPERO

Espero sempre por ti o dia inteiro,
Quando na praia sobe,
de cinza e oiro,
O nevoeiro
E há em todas as coisas o agoiro
De uma fantástica vinda.

Sophia de Mello Breyner

(Farol do Penedo da Saudade, S. Pedro de Muel, Agosto, 2006)

2 comentários:

MM disse...

Bom dia Margarida

Que bem que me soube abrir a poesia de Sophia hoje de manha, quando o nevoeiro assola ainda toda a lagoa... um beijinho

Sílvia Antunes disse...

foi bom começar o dia assim. :)

bjoca