terça-feira, outubro 28, 2008

Pelas texturas e brilhos CHROMA Eduardo Constantino











2 comentários:

o das caldas disse...

Que lindo. Aqui tão perto e não sabia. Bem tb desde o inicio da segunda quinzena de Julho que não atiro com o barro à parede. Mas hoje que até almoçarei em Óbidos não vou perder.
Obrigado Margarida!
2 beijinhos

Anônimo disse...

Eduardo Constantino mais uma vez supreende-nos com as cores fortes, dramaticamente fortes que supreendentemente, mas não inesperadamente, surgem das suas peças
Brigados Margarida por nos mostrares estas peças.
Beijinhos