terça-feira, abril 18, 2006

"Teus beijos a molhar cada rasgão"




Powered by Castpost

2 comentários:

António Delicado disse...

Posei os braços no peitoril e, para além da vidraça, deixei vaguear o meu olhar por este rio aqui tão perto.
Beijocas

MM disse...

As janelas podem ser para o espaço infindo, como os olhos o sãos dos nossos sentidos. És tu Margarida, de janelas abertas para todos os que queiram ter o previlégio de te conhecer melhor, e encantar-se com a tua forma de nos dar o que recebes pelas janelas que vais abrindo. Linda forma de partilhar. Um beijinho. MM