quarta-feira, fevereiro 01, 2006







Cristalizo os minutos dos teus beijos.
Perpétuo o calor da tua boca.
Relembro a dança enlaçada das nossas línguas.
Permanece o cheiro a rosas no meu corpo.
Orvalha-me com a paixão dos momentos, por entre o desfazer das flores, por entre o refazer dos dias.
E fico assim a saborear memórias e a encher-me de amor por ti.

3 comentários:

Mystic's disse...

Lindo.

Sílvia Antunes disse...

Não sei porque nunca gostei de rosas... :)
Um dia comprei rosas azuis. :)

Adoro o que escreves.

beijoca

Nuno Nozelos disse...

escreves música que nos leva às núvens....